Crônicas, pensamentos e, tentando não dizer tantas bobagens.

tumblr_static_tumblr_static_a6wwblll91s848wsccko0o4oo_640

O suor do trabalhador não foi em vão. Regou a terra com mais que liquido; registrou sua existência e fez chover para que brotasse a recompensa.

No ar? As centelhas de vidas do olhar dos inocentes dançavam com os pássaros. Então, onde está a dor do momento em que foram roubadas?

Deus sabe o quanto foi importante o mergulho do louco que, nas profundezas foi buscar aquilo que carregava; porém, astuto, poucos podem imaginar o que ele deixou por lá.

Toda injustiça, tristeza e ingratidão foram queimadas na tocha que o palhaço segurava… no circo, sob o olhar da trapezista.

 

 

 

Dedico este texto a pessoa que me ajudou a me lembrar de quem eu sou.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Nuvem de tags

%d blogueiros gostam disto: